Feirão da Caixa movimenta R$ 1,1 bi no Rio e Brasília

Só na capital fluminense foram mais de 7,3 mil negócios, resultando em um total de R$ 676 mi contratados

Agência Estado,

23 de maio de 2010 | 15h41

O 6º Feirão da Casa Própria da Caixa Econômica Federal contabilizou, até a noite de sábado, 22, R$ 426 milhões em negócios iniciados e fechados em Brasília. No Rio, desde o início do evento, na semana passada, foram encaminhados 7.318 negócios, no total de R$ 676 milhões. A CEF tinha uma expectativa inicial de fechar R$ 600 milhões em negócios em Brasília e R$ 825 milhões no Rio.

O evento termina às 18h deste domingo, 23, e segundo a organização, mais de 40 mil pessoas já passaram pelo Pavilhão A do Parque da Cidade, em Brasília. No Rio, o número de visitantes chegou a 71 mil no Pavilhão 4 do Riocentro, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.

Em Brasília, o feirão oferece 18 mil imóveis, dos quis 13 mil destinados ao Programa Minha Casa, Minha Vida. No Rio, estão sendo oferecidos mais de 69,3 mil imóveis, entre novos, na planta e usados, e para todas as faixas de renda. Desse total, 35,9 mil se enquadram no Minha Casa, Minha Vida.

No Rio, os imóveis podem ser encontrados em 80 construtoras e 70 imobiliárias que participam do evento, e também em estandes da Prefeitura do Rio e da própria Caixa - este último para comercializar 144 unidades da Vila Panamericana.

Em abril, a Caixa bateu novo recorde em contratações habitacionais, que atingiram R$ 21,2 bilhões, favorecendo aproximadamente 347 mil famílias. As informações são da Agência Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
CaixaFeirãoimóveis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.