Filipe Araújo/AE
Filipe Araújo/AE

Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Feirão da Casa Própria movimenta R$ 1 bilhão em São Paulo

Evento vende 110 mil unidades residenciais com financiamentos que cobrem até 100% do valor do imóvel

GUSTAVO URIBE, Agencia Estado

23 de maio de 2009 | 18h12

No penúltimo dia da quinta edição do Feirão da Casa Própria, que oferece 110 mil unidades residenciais com financiamentos que cobrem até 100% do valor do imóvel, o volume de negócios fechados até as 16 horas de hoje chegou a R$ 966 milhões em São Paulo, levando em conta os contratos assinados no local e os já negociados. Segundo a assessoria da Caixa Econômica Federal (CEF), até o final da tarde deste sábado o total de negócios firmados no feirão deveria atingir a marca de R$ 1 bilhão, dois terços do estimado para os quatro dias do evento (R$ 1,5 bilhão). 

Veja também  

especial Especial: No Feirão, a hora de comprar é agora

tabela Não se perca dentro da 'cidade' que é o Feirão

 

Até as 16 horas, a organização do evento contabilizou a visita de 60 mil pessoas ao Centro de Exposições Imigrantes (SP) - 26 mil hoje e 34 mil na quinta e na sexta-feira. O Feirão da Casa Própria termina amanhã e a expectativa da CEF é de que o público chegue a 100 mil.

O feirão é a aposta da Caixa Econômica para manter em alta a indústria da construção civil e o ritmo de contratação de empréstimos imobiliários. As ofertas no mercado atendem a todos os bolsos, com financiamentos que chegam a prazos de 30 anos. Os interessados podem fechar o negócio no evento ou assinar o contrato posteriormente.

Nos quatro primeiros meses do ano, o banco liberou só no Estado de São Paulo R$ 2,9 bilhões em crédito habitacional, contra R$ 1,3 bilhão no mesmo período do ano passado. Em unidades habitacionais, o salto foi de 24.826 no mesmo período de 2008 para 67.633 o primeiro quadrimestre deste ano.

Tudo o que sabemos sobre:
feirãocasa própria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.