Feirão do imposto vai a mais 60 cidades

No açúcar são 40,5%. No carro popular, 27,5% e no tijolo, 36,7%. Mostrar ao consumidor a porcentagem de impostos que incidem sobre o preço de produtos vendidos no comércio é a meta da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) com o Feirão do Impostos, que terá a segunda edição promovida em mais de 60 cidades no dia 7 de agosto. O Feirão funciona como um supermercado ao ar livre, no qual etiquetas mostram a tributação sobre dezenas de itens, dando à população oportunidade de visualizar o quanto paga ao Fisco por cada produto que consome. "Graças à repercussão da proposta, o movimento começou a chamar a atenção do consumidor de que ele é pagador de imposto. Sabendo disso, ele passa a controlar mais o Estado e exigir o melhor emprego do dinheiro", diz Marcel Solineo, economista da ACSP e organizador do Feirão. A primeira edição do evento ocorreu no dia 19, em São Paulo, e serviu para divulgar o movimento por todo o País. "Agora estamos buscando algo mais amplo para, no futuro, reforçar a exigência do cumprimento da Constituição, que diz que o consumidor tem direito de saber quanto paga de imposto em cada produto", afirma Solineo. Para isso, a Associação e suas parceiras irão estudar formas de estimular o poder público e colher assinaturas da população. O economista ainda conta que os consumidores, no Feirão de São Paulo, passavam logo da surpresa para a indignação. "A maioria das pessoas não tinha a mínima idéia do quanto pagava em impostos pelos produtos que consumia", aponta. "Muita gente agora deve pensar duas vezes antes de beber sua cerveja no final de semana, ao saber que, no preço, 56% é só de tributo", brinca. Conforme Solineo, devido a esta insatisfação, a adesão para a edição nacional do evento tem sido grande. "Tenho recebido muitos telefones pedindo orientação para realizar o evento em outras cidades e já temos um link no nosso site (www.acsp.com.br/feiraoimposto/)com todas as informações."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.