Fenaban propõe reajuste salarial de 7%

A Comissão de Negociações da Fenaban ? Federação Nacional dos Bancos - apresentou nesta segunda-feira nova proposta de reajuste salarial aos bancários em negociação que se iniciou às 11 horas e foi concluída às 20 horas.A Fenaban propôs elevação no reajuste salarial de 6% (na negociação do último dia 4) para 7%. O abono único foi aumentado de R$ 1.150,00 para R$ 1.200,00. A participação nos Lucros ou Resultados (PLR) foi mantida em 80% do salário reajustado acrescido do valor fixo de R$ 550,00 (a proposta anterior era de R$ 530,00), limitado a R$ 4.100,00 (R$ 4.000,00 anteriormente).O secretário-geral do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Luiz Cláudio Marcolino, diz que "a proposta será levada para avaliação da Executiva Nacional e para a diretoria dos Sindicatos e Assembléias até o próximo dia 18/09".Marcolino informou que o pagamento da participação nos lucros (40% do salário e mais R$ 250,00) referente à primeira parcela será feito até 10 dias úteis após a assinatura do acordo. O reajuste salarial e abono já serão incorporados aos salários de setembro.Magnus Apostolico, coordenador da Comissão de Negociações da Fenaban, diz que fará reunião com os bancos amanhã para discutir detalhes operacionais. Segundo ele, os bancos que pagam no final do mês vão incorporar os reajustes normalmente, as instituições que realizam os depósitos nas contas dos funcionários no início da segunda quinzena "provavelmente farão uma folha complementar" para garantir o pagamento ainda neste mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.