Feriado em São Paulo reduz ritmo dos negócios

Hoje é feriado no Estado de São Paulo (é o aniversário da Revolução Constitucionalista de 1932) e, com isso, a Bolsa de Valores e a Bolsa Mercantil & Futuros estarão fechadas. Mesmo com o restante do País em atividade, o ritmo de negócios no sistema financeiro será muito inferior ao normal e praticamente restrito a pequenas operações de clientes no câmbio e acertos de liquidez do BC no mercado. O Banco Central está com sua mesa de operações funcionando normalmente e, pouco depois das 9 horas, tomou R$ 6,948 bilhões no overnight, a 15,85%, integral.No câmbio, embora sem muitos players dispostos a fechar negócios, os investidores que estão atuantes devem olhar principalmente os acontecimentos do mercado internacional para definir suas apostas. O comportamento do preço do petróleo, que ontem voltou a atingir a marca dos US$ 40, deve ser um dos destaques. Por volta das 9 horas, a commodity apresentava pequena queda tanto na bolsa de Londres, quanto em Nova York. O desenrolar dos acontecimentos referentes à crise bancária russa também merecerá atenções, principalmente se continuar afetando o desempenho dos títulos das dívidas externas dos países emergentes, como ocorreu ontem. Nos EUA, o Departamento do Comércio dos EUA divulga os dados de vendas e estoques no atacado em maio, às 11h (de Brasília).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.