finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Feriado esvazia sessão e dólar fecha praticamente estável

O dólar encerrou praticamente estável frente ao real nesta sexta-feira, numa sessão com liquidez extramente reduzida por conta de um feriado que fechou as principais praças financeiras domésticas.

REUTERS

20 de novembro de 2009 | 16h32

A moeda norte-americana fechou com oscilação negativa de 0,06 por cento, a 1,733 real na venda, após chegar a subir 0,17 por cento na máxima. No acumulado da semana, a divisa subiu 0,64 por cento, mas no mês ainda exibe queda de 1,31 por cento.

"Simplesmente não há liquidez. O mercado futuro está fechado, e com isso você perde a referência para operar", disse o gerente da Tesouraria do banco Alfa de Investimento, Gerson de Nobrega.

A falta de operações ocorre por conta do feriado do Dia da Consciência Negra, comemorado em alguns Estados brasileiros, entre eles São Paulo e Rio de Janeiro, onde se concentram as principais operações financeiras do país.

Com a ausência de players no mercado de câmbio, o número de operações ficou atipicamente reduzido, não permitindo maiores variações nas cotações.

De acordo com números da Clearing de Câmbio da BM&FBovespa, até as 16h19, apenas 39 negócios foram realizados, com um volume financeiro em torno de 97,776 milhões de dólares. Para efeito comparativo, a média diária de novembro até a véspera é de 1,867 bilhão de dólares.

No exterior, o dólar subia 0,55 por cento às 16h19 ante uma cesta com seis importantes moedas, diante da menor disposição de investidores em aplicarem em ativos ligados a risco, como commodities e divisas de países emergentes. Ao mesmo tempo, o índice Standard and Poor's 500 da Bolsa de Nova York recuava 0,61 por cento.

"Pela falta de operações aqui, a influência externa hoje foi mínima", pontuou Nobrega.

(Reportagem de José de Castro)

Tudo o que sabemos sobre:
DOLARFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.