Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Feriados devem reduzir volume de negócios no mercado de câmbio

O dólar comercial iniciou o dia cotado a R$ 2,9380 na ponta de venda dos negócios, em queda de 0,07% em relação às últimas operações de ontem. Às 10h47, a moeda norte-americana está no patamar mínimo do dia, vendida a R$ 2,9240, em queda de 0,54% em relação às últimas operações de ontem. O mercado financeiro começou com mais uma boa notícia interna: a taxa do IPC Fipe referente ao mês de agosto ficou abaixo das estimativas (1% a 1,20%), em 0,99%, confirmando tendência de desaceleração, já que o resultado da terceira quadrissemana do mês tinha sido de 1,03%. Mesmo assim, a taxa foi superior à apurada em julho, de 0,59% e, portanto, não dissipa as preocupações com inflação, que permeiam os negócios atualmente.Os negócios no mercado de câmbio hoje estão reduzidos em função dos feriados na próxima semana. Na segunda-feira, é Dia do Trabalho nos EUA. Além dos mercados fecharem naquele dia, encerrarão as transações mais cedo hoje. Na terça-feira é Dia da Independência no Brasil. Por isso, os negócios feitos com dólar hoje são liquidados somente na quinta-feira, o que deve reduzir muito a liquidez (facilidade de negociação).

Agencia Estado,

03 de setembro de 2004 | 10h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.