Richard Drew/AP
Richard Drew/AP

Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Ferrari entra com pedido de listagem na bolsa de Milão

A companhia, que iniciou negociações na Bolsa de Nova York em outubro, afirmou que a decisão está ligada com seu plano de separação da companhia Fiat Chrysler

O Estado de S. Paulo

23 de novembro de 2015 | 15h30

MILÃO - A fabricante italiana de veículos de luxo Ferrari afirmou nesta segunda-feira que entrou com um pedido de listagem de ações na Bolsa de Valores da Itália. 

A companhia, que iniciou negociações na Bolsa de Nova York em outubro, afirmou que a decisão está ligada com seu plano de separação da companhia Fiat Chrysler Automobiles. Cerca de 10% da Ferrari estão cotados em bolsa. 

A Fiat Chrysler detém 80% da companhia, mas afirmou que planeja distribuir as participações. Os 10% remanescentes são de posse de Piero Ferrari, filho do fundador da empresa, Enzo Ferrari. 

Tudo o que sabemos sobre:
Ferrariaçõesbolsa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.