Ferraris e Lamborghinis equipam frota da polícia em Dubai

Veículos de luxo atingem mais de 300 quilômetros por hora e chegam a custar R$ 2,6 milhões no Brasil

Égon Rodrigues, especial para Estadão,

05 de junho de 2013 | 19h22

  

SÃO PAULO - A população de Dubai não pode reclamar da demora da polícia local para atender às ocorrências.

Fazendo juz à condição de uma das nações mais ricas do mundo, o Emirado Árabe equipou sua frota policial com alguns dos modelos de veículos esportivos mais potentes e caros da indústria automobilística mundial.

A justificativa, obviamente, foi a de tornar o patrulhamento mais rápido.

Dentre os modelos adquiridos, estão o Lamborghini Aventador, que custa US$ 250 mil, o equivalente a R$ 493 mil no mercado local. No Brasil o carro foi lançado em 2011 por R$ 2,6 milhões. O carro é capaz de atingir até 349 km/h.

Outro modelo da frota é Ferrari FF, que custa o equivalente a R$ 550 mil no exterior. No Brasil, com Imposto de Importação e Imposto sobre Produtos Industrializados o carro custa bem mais caro: R$ 2,7 milhões, segundo a tabela do Jornal do Carro. O veículo atinge velocidade de até 335 quilômetros por hora.

A frota de carros da polícia de Dubai inclui também modelos como Aston Martin, Bentley Continental GT Coupe e o recente Bugatti Veyron.

Tudo o que sabemos sobre:
DubaiFerrariLamborguinipolícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.