Ferrous Resources investe em siderúrgica em MG

Ferrous Resources investe em siderúrgica em MG

Mineradora vai investir R$ 8,8 bilhões no projeto; obras devem ser iniciadas em dezembro, com prazo de conclusão em 2016

Ivana Moreira, BELO HORIZONTE, O Estado de S.Paulo

30 Março 2010 | 00h00

A mineradora Ferrous Resources do Brasil vai investir R$ 8,8 bilhões para construir uma nova usina siderúrgica em Juiz de Fora, no interior de Minas Gerais. O início das obras está previsto para dezembro deste ano, com o começo das operações em dezembro de 2016. A nova usina terá capacidade para produzir 3,5 milhões de toneladas de placas de aço por ano.

O projeto da Ferrous prevê também a construção de um mineroduto que partirá do município de São Joaquim de Bicas, numa região onde a empresa tem minas, em direção ao Estado do Rio de Janeiro, de onde seguirá para o Estado do Espírito Santo. O trecho final do mineroduto ficará no município de Presidente Kennedy.

A expectativa é de que os investimentos da Ferrous em Minas Gerais resultem na geração de 4,6 mil empregos diretos e outros 26,5 mil indiretos. O grande investimento foi confirmado pela direção da empresa ao governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB). Para o mineiro, que deixará o cargo amanhã, o anúncio transformou o dia de ontem num dia histórico para Juiz de Fora. Além da Ferrous, a Mercedes-Benz também anunciou novos investimentos na fábrica que tem na cidade.

Benefícios. Segundo Aécio Neves, a decisão da Ferrous de instalar a nova usina em Juiz de Fora tem relação direta com a decisão do governo de garantir o mesmo tratamento fiscal oferecido pelo Rio de Janeiro. A direção da empresa informou que, para tornar viável o investimento, será preciso atrair outros investidores como parceiros no projeto de Juiz de Fora. A companhia não descarta a possibilidade de abrir capital.

A maior parte dos investimentos previstos pela Ferrous, R$ 6,5 bilhões, será aplicada no desenvolvimento das cinco minas que tem na região do Quadrilátero Ferrífero. As minas deverão entrar em operação entre 2014 e 2016, com capacidade de produção que deverá chegar a 50 milhões de toneladas de minério de ferro por ano. O mineroduto vai requerer investimentos de R$ 2,64 milhões. O mineroduto, projetado para atender esse nível de produção, receberá investimentos de R$ 2,64 bilhões. O início das obras deve ser custeado com recursos do BNDES.

Criada em fevereiro de 2007 por fundos de investimento estrangeiros (dos EUA, da Austrália e da Inglaterra), a Ferrous Resources do Brasil adquiriu cinco jazidas de minério de ferro na região do Quadrilátero Ferrífero, em Minas Gerais: Serrinha e Esperança, em Brumadinho; Santanense, em Itatiaiuçu; Viga Norte, em Itabirito; e Viga, em Congonhas.

As primeiras vendas foram realizadas no segundo semestre de 2008. Segundo informações divulgadas pela mineradora, as reservas de minério de ferro da companhia estão estimadas em 4,5 bilhões de toneladas.

No ano passado, a Ferrous investiu também em ativos na Bahia, comprando um depósito inexplorado de itabirito no município de Jacuípe.

Em fevereiro deste ano, a estatal NMDC Ltd., maior mineradora de ferro da Índia em volume de vendas, chegou a anunciar que compraria 50% nas operações da Ferrous Resources do Brasil, por US$ 2,5 bilhões. As informações foram divulgadas por um jornal indiano, mas não foram comentadas pela empresa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.