FGTS: Caixa desativará serviço de atendimento

A Caixa Econômica Federal (CEF), a partir do próximo dia 30 de setembro, desativará os Postos de Atendimento Temporário (PATs). Esses postos prestavam informações aos trabalhadores sobre o crédito complementar do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), pago devido à diferença de correção monetária expurgada das contas vinculadas durante os planos Verão (janeiro de 1989) e Collor 1 (abril de 1990). O serviço de orientação continuará sendo feito pelas agências do banco e pelo Disk Caixa - nos telefones 4196-6601 (para a Grande São Paulo) e 0800-550101 (para o resto do País).Segundo a Assessoria de Imprensa do banco, a demanda pelos serviços dos PATs havia se reduzido este mês e que não se justifica mais a manutenção do serviço, que fora importante na fase inicial dos pagamentos. Ainda de acordo com a Assessoria da instituição, os FATs atenderam mais de 9,2 milhões de trabalhadores, numa média mensal de 1,5 milhão de atendimentos por mês desde a sua implantação, em abril deste ano.O mês de junho registrou o pico das consultas, com cerca de 2,2 milhões de atendimentos. Em setembro, esse número foi reduzido para 536 mil, o que justificou a desativação do serviço.Dia 28 começa novo pagamentoPelo calendário da Caixa, no dia 28 será feito o pagamento para quem nasceu em novembro e dezembro e tem até R$ 100 a receber de crédito complementar. Essa é a última fase de pagamento para os trabalhadores nessa situação. Mas a Caixa lembra que os trabalhadores que têm crédito a receber do FGTS não precisam correr até as agências ou FATs, pois eles podem fazer sua adesão até dezembro de 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.