FGTS: Caixa diz que questão está esgotada

O advogado de defesa da Caixa Econômica Federal, Arnoldo Wald, disse há pouco que, "em tese, a discussão sobre os índices de correção das contas do FGTS no Plano Verão e Collor I (abril) foi esgotada no julgamento de hoje do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Segundo ele, a decisão de continuar a discussão sobre os índices caberá à direção da Caixa. "Aparentemente, a questão está esgotada", afirmou. Arnold Wald não quis comentar a decisão dos advogados dos trabalhadores de questionar novamente no Supremo Tribunal Federal (STF) a validade das medidas provisórias que definiram as correções. "Não me cabe opinar sobre a decisão de outros colegas", disse. "Acredito que o STF exauriu a matéria assim como STJ fez aqui hoje", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.