FGTS: contribuinte quer pagamento imediato

Enquanto governo e centrais sindicais ainda discutem as fontes de recurso, para os optantes do FGTS as diferenças nos saldos de suas contas vinculadas devem ser pagas imediatamente. É o que indica pesquisa que vem sendo feita via Internet pelo site www.fgtsfacil.com.br. Até a semana passada, 2.748 pessoas haviam participado do levantamento.Segundo o coordenador da pesquisa, Mario Alberto Avelino, o pagamento automático não é possível porque não há disponíveis os R$ 40 bilhões necessários para a quitação do débito. Avelino acredita que umas das propostas mais razoáveis surgidas na pesquisa é a opção de pagar de imediato os aposentados. Para isso, conforme o consultor, seriam necessários mais ou menos R$ 7 bilhões. Os trabalhadores com valor superior a R$ 1 mil seriam pagos de forma escalonada num prazo máximo de cinco anos, concluindo o pagamento até 2006.Para Avelino, os recursos para pagamento dos expurgos devem vir de quem foi beneficiado na época, como o governo federal, que deixou de creditar nas contas dos trabalhadores o dinheiro dos expurgos, e usou o recurso de alguma forma; os mutuários do Sistema Financeiro da Habitação (SFH), que pagaram prestações menores que as devidas, pois o saldo devedor também teve correção menor; os governos estaduais e municipais, que tiveram dinheiro emprestado do FGTS para obras de infra-estrutura e saneamento básico; as empresas com recolhimento em atraso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.