FGTS fechou ano com patrimônio líquido de R$ 22,9 bi

O patrimônio líquido do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) cresceu 7% em 2007 e fechou, em 31 de dezembro do ano passado, em R$ 22,9 bilhões. Esse é o total de recursos que sobraria para o FGTS caso o fundo tivesse que pagar todo o saldo depositado em nome dos trabalhadores cotistas e recebesse todos os créditos a que tem direito. O patrimônio total do FGTS somou, em dezembro de 2007, R$ 198 bilhões.Os números, divulgados hoje pela Assessoria de Imprensa do Ministério do Trabalho, fazem parte do balanço das contas do fundo referentes ao ano passado, aprovado hoje, na primeira reunião de 2008 do Conselho Curador do FGTS, formado por representantes do governo, dos empresários e dos trabalhadores.Na reunião, o conselho aprovou a realização de uma campanha publicitária em rádio e televisão para divulgação do FGTS. Serão destinados R$ 10 milhões do fundo para a campanha, que deverá estar pronta para lançamento no dia 1º de maio, Dia do Trabalho. O objetivo da campanha, segundo o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, é o de informar melhor os trabalhadores sobre o que é e para que serve o fundo de garantia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.