FGTS não poderá ser usado para ações da Petrobras

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, afirmou hoje que os minoritários da Petrobras que adquiriram ações da empresa com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) terão, como todos os outros minoritários, o direito de subscrever o aumento de capital da empresa. Mas Dilma explicou que não foi contemplada a possibilidade desses acionistas utilizarem recursos do FGTS para a subscrição. A ministra disse que quando houver a chamada para o aumento de capital, os acionistas que quiserem participar terão que utilizar recursos próprios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.