FGTS: reposição começa a ser paga em junho

O total de 56,5 milhões de trabalhadores que têm direito a receber até R$ 2 mil, como reposição do saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviços (FGTS) não corrigido nos Planos Verão e Collor, tem prazo até 31 de maio do próximo ano para assinar o termo de adesão nas agências dos Correios. De acordo com cronograma divulgado pelo Ministério do Trabalho, o pagamento começa em junho de 2002 e será feito aos trabalhadores que tinham carteira assinada em 1989 e 1990.O pagamento máximo será de R$ 1 mil, que corresponderá à parcela única a ser paga a 54 milhões de trabalhadores ou à primeira parcela daqueles com direito a receber até R$ 2 mil. Eles serão os únicos trabalhadores com direito à correção integral, pois, nos pagamentos aos demais empregados, o governo aplicará um desconto entre 8% e 15% na parcela de correção.Os formulários também estão à disposição no site da Caixa Econômica Federal na Internet. A Caixa informará o valor devido a cada trabalhador em março e fará o pagamento depositando o total devido na conta do FGTS do empregado. A exceção será apenas para aqueles com direito à reposição até R$ 1 mil. Se eles tiverem o chamado Cartão do Trabalhador da instituição terão a opção de receber o dinheiro em espécie e em qualquer lotérica do País. Quem não tiver mais conta deverá indicar no termo de adesão o nome do banco e o número da agência onde deseja receber os recursos.Outros pagamentos saem a partir de 2003Os 2,3 milhões de trabalhadores que têm direito à correção acima de R$ 2 mil só começarão a receber o dinheiro em janeiro de 2003. O restante será pago em outras quatro parcelas semestrais. Em julho daquele mesmo ano, começará o pagamento da correção a 552 mil pessoas. Eles receberão o dinheiro em um total de sete parcelas semestrais.Outros 756 mil trabalhadores que têm direito ao maior valor de reposição, recebendo R$ 19,3 bilhões dos R$ 40 bilhões a serem pagos, só começam a ter o dinheiro creditado em suas contas em janeiro de 2004 e também receberão em sete parcelas.De acordo com informações do Ministério do Trabalho, os trabalhadores poderão assinar o termo de adesão até o último dia útil do mês anterior ao início do pagamento. Por isso, o prazo final de adesão será dezembro de 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.