FGTS: STJ retoma julgamento

Na quarta-feira, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) vai retomar o julgamento das ações de cobrança de perdas impostas por planos econômicos às contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A apreciação pelo STJ estava suspensa à espera da publicação da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que deu a correção das perdas provocadas pelos Planos Verão (1989) e Collor 1 (1990) a um grupo de trabalhadores. Depois disso, a decisão foi estendida pelo governo a todos os trabalhadores.Ainda nesta semana, a CUT, a CGT e a Força Sindical têm nova reunião marcada com os presidentes do Senado, Antonio Carlos Magalhães, e da Câmara, Michel Temer, para definir se será ou não cobrada taxa para o fornecimento do extrato do saldo do FGTS e a forma de pagamento da correção.Até agora, a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) e a Caixa Econômica Federal não se encontraram para definir os critérios que serão adotados para a emissão do extrato do FGTS.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.