FGTS: vence amanhã prazo para domésticos

Para os patrões que desejam recolher Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para seus empregados domésticos, o prazo de recolhimento termina amanhã. O valor do depósito é de 8% sobre a remuneração do empregado. A base de cálculo não pode ser inferior ao valor de um salário mínimo. Quem não iniciar o recolhimento na quarta-feira poderá fazer a partir do próximo mês. O recolhimento é facultativo e começou a ser feito no último mês de março. Desde então, já foram beneficiados em todo oPaís 12.279 empregados domésticos, com depósitos que totalizam R$ 224 mil. São Paulo é o Estado que lidera o pagamento do benefício, com um total de 3.093, seguido de Minas Gerais com 2.266, e Rio Grande do Sul com 1.743. A Caixa adotou algumas medidas para facilitar e recolhimento e aumentar a adesão dos patrões. A Guia para Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social (GFIP) de Empregados Domésticos está disponível na Internet, no site da Caixa Econômica Federal (veja link abaixo). No site, alguns campos jáestão preenchidos, como Código de Recolhimento, Categoria do Trabalhador e outros. O empregador pode executar o arquivo no computador, preencher os campos com as informações pessoais e imprimir a guia em duas vias. Depois, é só levar a uma agência da Caixa, ou a qualquer banco credenciado para arrecadar o FGTS, e fazer o pagamento. Outra facilidade é o envio da GFIP pelo correio. Após o primeiro recolhimento, a Caixa vai encaminhar, todo mês, a GFIP pré-impressa para o endereço do empregador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.