Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

FGV aponta alta do PIB de 0,3% no primeiro trimestre

Projeção aponta para uma desaceleração na recuperação da economia

Vinicius Neder, O Estado de S.Paulo

21 Maio 2018 | 22h21

A atividade econômica avançou 0,3% no primeiro trimestre em relação aos três últimos meses de 2017, na estimativa do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV), atualizada nesta segunda-feira, 21, com a divulgação do Monitor do PIB. É mais uma projeção que aponta para uma desaceleração na recuperação da economia, conforme revisões que economistas têm divulgado nas últimas semanas.

+ Governo deve liberar R$ 2 bi de recursos do Orçamento nesta terça-feira

No quarto trimestre, a economia cresceu 0,1% em relação aos três meses anteriores, mas avançou 2,1% ante o quarto trimestre de 2016, conforme os dados do Produto Interno Bruto (PIB, valor total de todos os produtos e serviços produzidos no País). Na comparação com igual período do ano anterior, a atividade reduziu o ritmo no primeiro trimestre deste ano, com crescimento de 0,9%.

Para Claudio Considera, pesquisador do Ibre/FGV responsável pelo Monitor do PIB, essa desaceleração no ritmo de recuperação da economia era de certa forma esperado. “Estou contra essa onda de que a economia parou de crescer”, afirmou Considera, numa referência às revisões para baixo nas projeções para o crescimento deste ano.

+ Mercado eleva previsão do dólar no fim do ano para R$ 3,43

Na avaliação do economista, que foi chefe de Contas Nacionais do IBGE, o pessimismo com a frustração das projeções estaria mais relacionado ao fato de que alguns analistas estavam muito otimistas no fim do ano, com projeções chegando a até 4%. Agora, ficou mais claro que havia exagero, e o avanço do PIB ficará mais próximo de 2,5%. Segundo Considera, os dados do Monitor do PIB mostram que a recuperação da economia segue seu curso, mas a falta de uma perspectiva mais segura para investimentos, especialmente na construção, trava um crescimento mais forte. 

Mais conteúdo sobre:
PIB [Produto Interno Bruto]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.