FGV: confiança da indústria é a menor desde 1998

Índice caiu 11% em dezembro em relação a novembro, e chegou a 74,7 pontos

JACQUELINE FARID, Agencia Estado

30 Dezembro 2008 | 08h25

O Índice de Confiança da Indústria (ICI), calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) caiu 11% em dezembro ante novembro deste ano, passando de 83,9 para 74,7 pontos. Segundo a FGV, o nível de dezembro foi o mais baixo para o ICI desde outubro de 1998, considerando-se dados com ajuste sazonal.   Veja também: Entenda o fator previdenciário e o que pode mudar De olho nos sintomas da crise econômica  Lições de 29 Como o mundo reage à crise  Dicionário da crise     No documento de divulgação do índice, os técnicos da instituição comentam que "o resultado consolida o quadro de diminuição da produção industrial no quarto trimestre deste ano, frente ao trimestre anterior". Nas previsões para os meses seguintes, houve aumento, em dezembro, da proporção de empresas pessimistas em relação ao ambiente de negócios.Ainda em dezembro, o Índice da Situação Atual (ISA) recuou para 76,1 pontos, ante 85,3 pontos em novembro. O Índice de Expectativas (IE) também caiu para 73,3 pontos, atingindo o nível mais baixo da série histórica, iniciada em abril de 1995. Em novembro, o IE havia chegado a 82,5 pontos.Em relação ao trimestre de dezembro a fevereiro, as previsões para a atividade industrial continuam desfavoráveis: das 1.086 empresas consultadas, 24,7% projetam ampliar a produção neste período, e 33,8%, reduzi-la. "Este é o pior resultado para este quesito da pesquisa desde janeiro de 1991, quando 23,1% das empresas previam aumento e 43,7%, diminuição da produção no trimestre seguinte", diz o documento da FGV.

Mais conteúdo sobre:
indústriacriseFGV

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.