Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

FGV: consumidor brasileiro segue com 'ímpeto comprador'

A sondagem de expectativas divulgada hoje pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) mostra que o consumidor brasileiro continua com "ímpeto comprador", segundo o coordenador do Núcleo de Pesquisas e Análises Econômicas da FGV. De acordo com a pesquisa, 22,5% dos consumidores disseram, em fevereiro, que pretendem aumentar as compras de bens de consumo duráveis. Em fevereiro do ano passado o porcentual era bem menor (14,5%).Campelo destacou a significativa melhora na avaliação do mercado de trabalho. O porcentual de consumidores que afirmaram que "está fácil" conseguir emprego subiu de 1% em fevereiro de 2007 para 5,3% este mês, enquanto o grupo dos que consideram que "está difícil" caiu, no período, de 86,2% para 69,6% (o menor porcentual alcançado na série da pesquisa, iniciada em 2005). "A pesquisa mostra uma mudança qualitativa significativa do mercado de trabalho", disse.O coordenador disse que interpreta favoravelmente os resultados da Sondagem do Consumidor divulgados hoje. Segundo ele, o recuo de 0,4% no Índice de Confiança do Consumidor em fevereiro, em relação a janeiro, é considerado como estabilidade. "Não há uma deterioração abrupta, parece haver a expectativa de que a economia brasileira vai continuar com bom desempenho", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.