FGV: etanol hidratado mostra alta no atacado pelo IGP-M

Os preços médios do etanol hidratado apresentaram alta no atacado e no varejo em julho, conforme levantamento realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) por meio do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) do período. O comportamento foi oposto ao do mês de junho, quando o combustível havia mostrado recuo importante em ambos os segmentos.

FLAVIO LEONEL, Agencia Estado

28 de julho de 2011 | 15h05

De acordo com a FGV, no atacado o valor médio do etanol hidratado subiu 4,65% no mês passado ante queda forte de 9,96% verificada em junho. No postos, o combustível mostrou avanço de 3,29% ante declínio de 13,89% em junho. O IGP-M de julho foi coletado entre os dias 21 de junho e 20 do mês vigente. A taxa geral registrada pelo índice em julho foi negativa em 0,12% ante queda de 0,18% verificada no indicador de junho, quando a pesquisa foi feita entre os dias 21 de maio e 20 do mês de referência.

Quanto à gasolina, a FGV captou que o combustível subiu 0,09% em julho ante variação zero em junho no atacado. No varejo, houve queda de 0,27% contra declínio anterior de 3,69%. Em relação ao etanol anidro, que é usado na mistura para a composição da gasolina vendida nos postos, o IGP-M mostrou que o item saiu de uma queda de 3,31%, em junho, para uma baixa menos intensa, de 1,45% no mês seguinte.

Tudo o que sabemos sobre:
FGVetanolpreçoatacado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.