FGV: IGP-M de junho é o maior desde fevereiro de 2003

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) de junho, que registrou elevação de 1,98%, apresentou a maior taxa para esse índice de inflação desde fevereiro de 2003, quando subiu 2,28%. A informação é baseada em tabela contendo a série histórica do indicador, fornecida pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em divulgações anteriores do índice.Preços no atacadoOs preços dos produtos agrícolas no atacado subiram 3,35% em junho, em comparação com a alta de 2,29% em maio, no âmbito do IGP-M. De acordo com a fundação, ainda no atacado, os preços dos produtos industriais registraram alta de 1,86% em junho, ante avanço de 1,91% em maio.Dentro do Índice de Preços por Atacado segundo Estágios de Processamento (IPA-EP), que permite visualizar a transmissão de preços ao longo da cadeia produtiva, os preços dos bens finais subiram 1,23% em junho, ante elevação de 1,11% em maio. Por sua vez, os preços dos bens intermediários registraram aumento de 2,50% em junho, em comparação com o avanço de 1,79% em maio. Já os preços das matérias-primas brutas apresentaram taxa positiva de 3,11% em junho, ante elevação de 3,38% em maio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.