FGV: IGP-M de março ainda é incerteza

O coordenador de Análises Econômicas da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Salomão Quadros, afirmou que ainda é uma "incerteza" se o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) fechado de março pode registrar resultado em torno de 1%. Hoje, a FGV anunciou a segunda prévia do índice deste mês, que subiu 0,78%. O economista preferiu não fazer especulações sobre qual seria o índice fechado do mês, afirmando ser difícil prever qual será a evolução futura de alguns produtos do atacado - principalmente os originados do setor agropecuário.Entretanto, ele observou que a segunda prévia do IGP-M já se posiciona com resultado acima do registrado no mês de fevereiro (0,53%). Ou seja: a taxa de março pode encerrar acima da apurada em fevereiro, a não ser que ocorra alguma forte desaceleração de preços em algum produto de peso, até o fechamento do índice (que vai até 20 de março). "Mas dificilmente vai fechar abaixo de 0,53%", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.