Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

FGV: índice de confiança da indústria sobe pelo 5º mês

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) subiu 6% em maio ante abril, informou hoje a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Entre o mês passado e este, o indicador avançou de 84,5 pontos para 89,6 pontos, na série com ajuste sazonal. A FGV disse também que revisou em leve baixa o ICI referente a abril, de 8,7% para 8,6%. Na comparação com maio do ano passado, o ICI registrou queda de 24,1%, recuo menos intenso do que a taxa negativa de 25,6% em abril, na mesma base de comparação.

ALESSANDRA SARAIVA, Agencia Estado

29 de maio de 2009 | 08h40

Em comunicado, a FGV afirmou que o avanço do índice pelo quinto mês consecutivo "confirma a tendência de recuperação gradual do ritmo de atividade industrial, após o forte declínio ocorrido ao fim do ano passado".

Segundo a entidade, houve melhora tanto nas avaliações em relação ao momento atual quanto nas expectativas em relação aos próximos meses. O Índice da Situação Atual (ISA) avançou 7,6% em maio, após subir 8,8% em abril, nos dados com ajuste sazonal. Já o Índice de Expectativas (IE) apresentou alta de 4,4% em maio, após avançar 8,4% em abril, também na série com ajuste sazonal. Na comparação com maio do ano passado, houve quedas de 26,1% e 22%, respectivamente.

As avaliações dos empresários sobre demanda e sobre ambiente geral dos negócios melhoraram "sensivelmente", de abril para maio deste ano, segundo a FGV. Mesmo com a diminuição do ritmo de crescimento do ICC, a entidade destacou que o indicador que mede o grau de satisfação com o nível atual de demanda avançou 13,1% no período. Ainda segundo a FGV, as perspectivas para os próximos meses são as melhores desde outubro do ano passado em todos os quesitos que compõem o Índice de Expectativas. Entre os destaques, segundo a fundação, é possível perceber diminuição do pessimismo com a situação dos negócios nos próximos seis meses.

O levantamento para cálculo do índice aconteceu entre os dias 7 e 26 de maio, em uma amostra de 1.075 empresas informantes.

Capacidade instalada

O Nível de Utilização de Capacidade Instalada (Nuci) da indústria subiu para 79,2% em maio, na série com ajuste sazonal, ante 78,3% em abril, segundo a FGV. O Nuci de maio é o maior desde dezembro do ano passado, quando o indicador apontava 79,9%, de acordo com a série histórica.

Na série de dados sem ajuste sazonal, o Nuci em maio foi de 78,7%, também o mais forte desde dezembro do ano passado, quando alcançou 80,6%.

Tudo o que sabemos sobre:
indústriaFGV

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.