finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

FGV: inflação agropecuária mantém desaceleração

A inflação agropecuária segue apresentando taxas negativas no atacado. Os preços dos produtos agrícolas atacadistas caíram 2,80% em maio, queda mais intensa do que a de 1,17% apurada em abril, no âmbito do IGP-10. A informação é da Fundação Getulio Vargas (FGV), divulgada nesta quinta-feira, 16. A instituição informou ainda que os preços dos produtos industriais no atacado continuaram subindo.

FERNANDA NUNES, Agencia Estado

16 de maio de 2013 | 10h49

Tiveram alta de 0,55% este mês, superior à elevação de 0,38% de abril. Dentro do Índice de Preços por Atacado segundo Estágios de Processamento (IPA-EP), que permite visualizar a transmissão de preços ao longo da cadeia produtiva, os preços dos bens finais subiram 0,22% em maio, em comparação à alta de 0,86% em abril.

Por sua vez, os preços dos bens intermediários recuaram 0,13% este mês, após caírem 0,26% em abril. Já os das matérias primas brutas apresentaram taxa negativa de 1,44% em maio, após caírem 0,92% em abril.

Tudo o que sabemos sobre:
inflaçãoIPAmaio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.