FGV: inflação pelo IGP-M deve fechar o ano em 7%

A inflação medida pelo Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) pode encerrar o ano com alta de 7%. A avaliação é do coordenador de Análises Econômicas da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Salomão Quadros. Ao comentar o resultado acumulado do ano até novembro do índice, de 6,32%, o economista comentou ser "possível" que o índice feche o ano com alta de 7%. "Com essa taxa acumulada, fechar o ano em 6,5% é muito difícil. O IGP-DI mensal de dezembro teria que subir apenas 0,17%", disse, acrescentando que não espera um recuo de tão grande magnitude, entre novembro e dezembro.De acordo com ele, para que a taxa anual fique em 7% em 2007, o resultado de dezembro precisaria ficar em torno de 0,65%. O economista comentou que muitos preços de produtos que subiram fortemente em novembro, principalmente do setor agropecuário, podem subir menos em dezembro. "Houve uma pressão de preços intensa (em novembro). Mas não sabemos se isso é sustentável", afirmou.Caso o IGP-DI de 2007 feche mesmo com alta de 7%, o resultado será o quarto menor desde o início do Plano Real em 1994, perdendo apenas para as de 2005 (1,22%); a de 1998 (1,70%); e a de 2006 (3,79%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.