FGV: inflação pelo IPC-S desacelera em 4 de 7 capitais

A inflação do varejo registrou desaceleração em quatro das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), no âmbito do Índice Geral de Preços ao Consumidor (IPC-S). A cidade de São Paulo registrou desaceleração. No âmbito do IPC-S, os preços na capital paulistana subiram 0,76% no indicador apurado até a quinta-feira da semana passada (dia 7) ante 0,91% na taxa apurada até o dia 31 de janeiro. Além de São Paulo, outras quatro capitais também apresentaram desaceleração em seu indicador. Segundo a FGV, as capitais que apresentaram desaceleração da taxa de inflação foram Belo Horizonte (de 0,96% para 0,82%); Brasília (de 1,13% para 0,94%); Rio de Janeiro (de 0,83% para 0,74%) e Salvador (de 1,67% para 1,10%). Em contrapartida, registraram taxas mais elevadas, as cidades de Porto Alegre (de 0,65% para 0,67%) e Recife (de 1,10% para 1,12%). A fundação havia anunciado na última sexta-feira que a primeira prévia do IPC-S este mês ficou em 0,82%. A cidade de São Paulo é a de maior peso no cálculo do resultado do indicador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.