FGV: IPC-S desacelera para 0,76% em SP

A inflação no varejo em São Paulo apresentou desaceleração entre a primeira e a segunda quadrissemana de setembro. O Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) passou de 0,91% para 0,76% na capital paulista no período, informou hoje a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Porém, a trajetória descendente de preços de São Paulo não se repetiu em muitas cidades. No mesmo período, aceleração dos preços varejistas foi detectada na maioria das principais capitais do País.

ALESSANDRA SARAIVA, Agencia Estado

17 de setembro de 2009 | 08h52

De acordo com a FGV, das sete cidades usadas para cálculo do índice, quatro apresentaram elevação nas taxas de inflação ou fim de deflação, no mesmo período. É o caso de Belo Horizonte (de 0,47% para 0,57%); Brasília (de 0,48% para 0,51%); Porto Alegre (de -0,01% para +0,11%) e Recife (de 0,03% para 0,32%). Já duas capitais apresentaram desaceleração de preços, além de São Paulo. É o caso de Salvador (de 0,26% para 0,07%) e Rio de Janeiro (de 0,40% para 0,39%). A cidade de São Paulo é a de maior peso no cálculo do IPC-S, cujo resultado completo, anunciado ontem, mostrou leve desaceleração (de 0,56% para 0,51%), entre a primeira e a segunda quadrissemana de setembro.

Tudo o que sabemos sobre:
inflaçãoFGVIPC-S

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.