finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

FGV: IPC-S registra alta de 0,18% em SP

O cenário de preços no varejo em São Paulo mostrou fim de estabilidade e voltou a acelerar na segunda semana de novembro, informou hoje a Fundação Getúlio Vargas (FGV). O Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) passou de uma taxa estável (0,00%) para uma alta de 0,18% na capital paulista, entre a primeira e a segunda quadrissemanas deste mês. Ainda de acordo com a fundação, das sete capitais pesquisadas para cálculo do índice, cinco apresentaram taxas de inflação mais intensas no mesmo período.

ALESSANDRA SARAIVA, Agencia Estado

17 de novembro de 2009 | 08h46

Além de São Paulo, as cidades que apresentaram aceleração de preços no período foram Belo Horizonte (de 0,20% para 0,29%), Brasília (de 0,34% para 0,35%), Recife (de 0,19% para 0,54%) e Rio de Janeiro (de 0,25% para 0,27%). As duas cidades restantes apresentaram desaceleração ou queda mais intensa de preços, no mesmo período. É o caso de Porto Alegre (de 0,34% para 0,29%) e de Salvador (de -0,14% para -0,21%).

A cidade de São Paulo é a de maior peso no cálculo do IPC-S, cujo resultado completo, anunciado ontem, também mostrou aumento de preços (de 0,10% para 0,20%), entre a primeira e a segunda quadrissemanas de novembro.

Tudo o que sabemos sobre:
inflaçãoFGVIPC-S

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.