carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

FGV: preço para Dia das Crianças supera inflação média

A inflação de produtos e serviços mais consumidos nas compras relacionadas ao Dia das Crianças está acima da inflação média do período. É o que mostra levantamento especial da Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgado hoje. De acordo com a pesquisa, a taxa acumulada de variação de preços em 12 meses até setembro de produtos e serviços ligados ao Dia das Crianças foi de 6,66% até setembro. No mesmo período, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mensura a inflação média do varejo, apresentou aumento de 5,02%.

ALESSANDRA SARAIVA, Agencia Estado

08 de outubro de 2009 | 11h35

Para apurar a inflação relacionada ao Dia das Crianças, a FGV pesquisou preços de 15 produtos e serviços mais consumidos nesta época. A fundação apurou ainda qual seria a taxa de inflação média para cada tipo de despesa. Foi realizada uma seleção entre os produtos, que foram classificados em três tipos de despesa: gastos com lazer; gastos com presentes e compras com vestuário. A taxa acumulada em 12 meses de variação de preços de cada um destes grupos foi de 5,98%; de 0,26% e de 4,88% respectivamente, até setembro. Ou seja: de uma maneira geral, as compras de lazer relacionadas ao Dia das Crianças são as que se posicionam acima da inflação média do período, medida pelo IPC.

Ainda segundo a FGV, ao analisar os preços da lista de produtos selecionados pela pesquisa, as altas mais expressivas no acumulado em 12 meses até setembro foram constatadas no preço de teatro (7,29%); sanduíches (7,28%); e bola de futebol, vôlei e basquete (11,33%). Já as mais expressivas quedas de preço foram detectadas em aparelho de videogame (-3,19%); aparelho telefônico celular (-14,25%); e jogo para recreação (-0,63%).

Tudo o que sabemos sobre:
inflaçãoFGVDia das Crianças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.