FGV projeta crescimento do PIB de 0,1% neste ano e de 0,6% em 2015

Fundação Getúlio Vargas (FGV) aponta ainda que o PIB deste ano será marcado por uma queda de 7,1% nos investimentos

Vinicius Neder, Agência Estado

11 Dezembro 2014 | 19h29

A equipe de pesquisadores do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) projeta crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 0,1% em 2014. Para 2015, o crescimento projetado segue baixo, em 0,6%. Os dados foram divulgados na tarde desta quinta-feira, 11, no Seminário de Análise Conjuntural do Ibre/FGV.

O PIB deste ano será marcado por queda de 7,1% nos investimentos. No ano que vem, o Ibre/FGV também projeta recuo nos investimentos, de 1,7%.

"É natural entender porque o Brasil cresce pouco, dado que não investe", disse Silvia Matos, coordenadora do Boletim Macro do Ibre/FGV, que será lançado no próximo dia 19 e trará os dados.

As projeções para a inflação são de IPCA ainda dentro da banda de tolerância da meta, em 6,3%, mas acima do teto em 2016, com 6,7%. Isso considerando uma taxa de câmbio em R$ 2,80.

 

Mais conteúdo sobre:
PIBFGV

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.