FHC anuncia acordo com Chile para reduzir tarifa de importação

O presidente Fernando Henrique Cardoso informou ao desembarcar no Aeroporto Internacional de Santiago, para uma visita de Estado de três dias ao Chile, que os governos brasileiro e chileno acabam de fechar acordo para redução de tarifas de importação para os setores agrícola, automotivo e químico. Trata-se de um acordo que vinha sendo discutido há dois anos. No fim da semana passada, negociadores de ambos os países fizeram um esforço extra para concluí-lo a tempo de ser assinado durante a visita de Fernando Henrique. Fernando Henrique também manifestou sua convicção de que proposta de emenda constitucional (PEC) que prorroga a CPMF até 2004 será aprovada pelo Congresso. "Ninguém quer mal ao Brasil", afirmou o presidente, lembrando que os recursos arrecadados com a contribuição são essenciais para o financiamento de programas como o Bolsa-Escola e outros da área de saúde.Segundo Fernando Henrique, o PFL não deverá causar problemas para essa votação. Ele relatou que conversou sobre o assunto com o vice-presidente Marco Maciel, antes de embarcar para Santiago. Após o desambarque, o presidente seguiu para o Monumento ao Libertador Bernard O´Higgins, onde depositará uma coroa flores.

Agencia Estado,

18 de março de 2002 | 16h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.