Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Fiat anuncia investimentos de R$ 5 bi e 5,5 mil vagas

Trata-se do maior investimento do grupo Fiat no mundo. Presidente da empresa elogiou economia do País

Tânia Monteiro e Christiane Samarco, do Estadão,

23 de novembro de 2007 | 13h07

O Grupo Fiat anunciou nesta sexta-feira investimentos de R$ 5 bilhões em 2008, em Minas Gerais. Para este ano,a montadora produzirá no Brasil cerca de 700 mil veículos. A meta até 2010 é produzir 1 milhão. Com isso, serão criados 5.500 novos postos de trabalho no Estado. Trata-se do maior investimento do grupo Fiat no mundo. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu na manhã desta sexta o presidente mundial do Grupo Fiat, Sergio Marchionne, que está em Brasília para anunciar a expansão da montadora. Um pouco antes, Marchionne esteve com o governador Aécio Neves, que participa em Brasília da Convenção do PSDB, para comunicar oficialmente os investimentos.  De acordo com o governador mineiro, o investimento será destinado à Fiat, em Betim, e à Iveco (fábrica de caminhões), em Sete Lagoas. "A planta de Betim, que já era a maior do Brasil, agora será a maior do mundo", comemorou o governador. Segundo ele, além de novos empregos, a Fiat vai trazer um centro de inteligência para a produção de novas tecnologias. "Isso é muito importante porque em época de dificuldade e crise são essas plantas que vão dar tranqüilidade econômica a Minas Gerais", afirmou. "Esses investimentos nos permitem saltar de patamar. Daqui para a frete como dirigentes importantes da Fiat estarão em Minas, qualquer decisão estratégica do grupo relacionada à América Latina passará também por Minas", disse. Sergio Marchionne disse estar muito entusiasmado com o Brasil e que nunca viu um desenvolvimento econômico como agora no País. Citou, inclusive "este período de crescimento inacreditável".

Tudo o que sabemos sobre:
FiatVeículos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.