AP
AP

Fiat Chrysler confirma negociações de fusão com dona da Peugeot e da Citroën

Uma das possibilidades é uma fusão total de ações iguais, resultando na quarta maior fabricante de veículos do mundo; os CEOs seriam os presidentes-executivos da Peugeot e da FCA

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de outubro de 2019 | 09h05

A Fiat Chrysler  Automobiles (FCA) confirmou nesta quarta-feira, 30, que discute com o grupo rival PSA, dono da Peugeot e da Citroën, uma potencial fusão das duas empresas. "Há discussões em andamento visando a criação de um dos grupos líderes em mobilidade no mundo", informou a FCA em comunicado. As negociações haviam sido noticiadas na última terça-feira, 29, pelo The Wall Street Journal.

 

A FCA não divulgou maiores detalhes sobre as conversas. Segundo a reportagem publicada ontem, uma possibilidade discutida pelas companhias é uma fusão total de ações iguais, resultando na quarta maior fabricante de veículos do mundo, que teria como CEOs os presidentes-executivos da Peugeot, Carlos Tavares, e da FCA, John Elkann.  /DJ Newswires

Tudo o que sabemos sobre:
PeugeotFiat

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.