Fiat e Tata querem dobrar a produção de carros na Índia

Investimento será de US$ 582,9 milhões. Fábrica produzirá 200 mil carros, 300 mil motores e 300 mil peças

Danielle Chaves, da Agência Estado,

24 de março de 2008 | 12h52

A Fiat India Automobile, uma joint venture criada a partir da união de empresas entre o Grupo Fiat e a indiana Tata Motors, anunciou hoje planos para dobrar a capacidade de produção de carros na unidade de produção em Maharashtra, na Índia. O investimento será de 23,41 bilhões de rupias indianas (US$ 582,9 milhões). Cada companhia vai investir 6,5 bilhões de rupias indianas e o restante será levantado por meio de empréstimos.A Fiat India afirmou que, depois da expansão, a fábrica de Maharashtra produzirá 200 mil carros, 300 mil motores e 300 mil peças e acessórios ao ano, a partir de 2012. "A Fiat India pretende vender 70 mil carros anualmente até 2010", declarou o executivo-chefe Rajiv Kapoor, acrescentando que pretende começar a exportar carros produzidos na fábrica indiana em 2009. Em 2007, a empresa vendeu 3,2 mil carros, segundo Kapoor. Kapoor também afirmou que a companhia vai começar a produzir modelos da Tata na unidade, mas não deu detalhes sobre quais seriam os modelos fabricados. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
FiatTata

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.