finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Fiat paralisa produção em Córdoba por falta de insumos

Empresa informou que a interrupção de 48 horas  se deve à ‘readequação das linhas de montagem dos novos modelos Siena e Palio’; durante a suspensão, funcionários recebem apenas 75% do salário  

Marina Guimarães, correspondente,

25 de abril de 2012 | 14h28

BUENOS AIRES - A Fiat Argentina voltou a paralisar sua produção na unidade localizada na província de Córdoba, por falta de insumos, informou hoje o porta-voz do Sindicato dos Mecânicos e Afins do Transporte Automotor (Smata), Leonardo Almada. A empresa informou que a interrupção de 48 horas de sua produção se deve à "readequação das linhas de montagem dos novos modelos Siena e Palio".

Segundo Almada, 300 operários estão prejudicados pela medida anunciada ontem e que termina nesta quarta-feira, 25, já que durante a suspensão, os trabalhadores recebem somente 75% do valor do salário.

Desde que o governo de Cristina Kirchner ampliou as restrições às importações, no início do ano, a Fiat já foi obrigada a interromper sua linha de produção quatro vezes no país. A unidade de Córdoba produz os modelos Siena e Palio que são exportados para o Brasil, Europa e outros mercados.

Tudo o que sabemos sobre:
FiatArgentinaInsumosImportações

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.