coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Fibria reverte prejuízo, mas lucro do 1o tri vem abaixo do esperado

A fabricante de celulose Fibria teve lucro líquido de 24 milhões de reais no primeiro trimestre deste ano, revertendo prejuízo de 10 milhões registrado um ano antes, mas reduzindo pela metade o ganho visto nos últimos três meses de 2012.

Reuters

23 de abril de 2013 | 08h46

O resultado ficou bem abaixo da média de previsões de analistas obtidas pela Reuters, que apontava lucro de 106 milhões para a empresa no período.

Já a geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado somou 565 milhões de reais entre janeiro e março, alta anual de 50 por cento, mas queda de 25 por cento ante o último trimestre do ano passado.

O Ebitda veio em linha com a média das estimativas de analistas, de 561 milhões de reais. A margem, por sua vez, subiu de 30 para 39 por cento em 12 meses.

No trimestre passado, a companhia viu a produção de celulose diminuir em 8 por cento na comparação com os três meses até dezembro, somando 1,3 milhão de toneladas, resultado de paradas programadas para manutenção na unidade Veracel e em uma fábrica da unidade Aracruz.

As vendas, enquanto isso, caíram 21 por cento em relação ao quarto trimestre, para 1,2 milhão de toneladas, "efeito da sazonalidade daquele trimestre", segundo a empresa.

Com isso, a receita líquida foi 22 por cento menor na relação trimestral, mas cresceu 14 por cento ano a ano, para 1,449 bilhão de reais.

Também pesou sobre os números da Fibria o resultado financeiro negativo em 66 milhões de reais, enquanto um ano antes essa linha do balanço havia sido positiva em 192 milhões, "decorrente do maior efeito de variação cambial sobre a dívida naquele trimestre, explicada pela maior desvalorização do dólar em relação ao real sobre um maior estoque de dívida".

A Fibria informou ainda que a previsão de investimento de 1,244 bilhão de reais ao longo de 2013 está mantida, sendo que 249 milhões foram desembolsados no primeiro trimestre.

A companhia afirmou no balanço que decidiu antecipar parada de manutenção na unidade de Três Lagoas para ocorrer no segundo trimestre. "Desta forma, o terceiro trimestre será impactado apenas pela parada na unidade Jacareí."

(Por Vivian Pereira)

Tudo o que sabemos sobre:
PAPELFIBRIARESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.