finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Fibria tem prejuízo de R$1,1 bi no 3o trimestre por câmbio

A Fibria teve prejuízo líquido de 1,1 bilhão de reais no terceiro trimestre, contra lucro de 303 milhões de reais um ano antes.

REUTERS

26 de outubro de 2011 | 09h05

O prejuízo contábil foi decorrente, sobretudo, do resultado financeiro negativo. Quase a totalidade da dívida da Fibria é denominada em moeda estrangeira e o dólar teve valorização de cerca de 20 por cento sobre o real ao longo do terceiro trimestre.

Analistas consultados pela Reuters já previam resultado final negativo para a maior fabricante mundial de celulose de eucalipto. O prejuízo veio exatamente em linha com a média das estimativas de cinco analistas.

A empresa contabilizou uma despesa financeira líquida de 2 bilhões de reais, contra resultado positivo financeiro de 248 milhões de reais um ano antes.

A receita líquida de julho a setembro foi de 1,4 bilhão de reais, queda de 8 por cento na comparação anual. O volume de vendas de celulose foi de 1,2 milhão de toneladas, acréscimo de 7 por cento frente ao terceiro trimestre de 2010.

O Ebitda --sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação-- foi de 476 milhões de reais, abaixo dos 717 milhões de reais de m ano antes. O Ebitda reportado é ajustado em itens não recorrentes sem impacto caixa, segundo a companhia.

A empresa terminou setembro com dívida líquida de 9,5 bilhões de reais, alta de 20 por cento sobre o final de junho, embora 6 por cento inferior ao terceiro trimestre do ano passado.

(Por Cesar Bianconi)

Tudo o que sabemos sobre:
PAPELFIBRIARESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.