Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Fidel Castro diz que Alca é imperialista

O presidente de Cuba, Fidel Castro, classificou de "imperialista" a Área de Livre Comércio das Américas (Alca), bloco econômico que reunirá 34 países, exceto Cuba, durante um encontro neste sábado, em Quito, com a Coordenadoria Equatoriana de Solidariedade a Cuba. Castro, que visita Equador em busca de investimentos privados, disse que a Alca é um "entendimento entre grandes poderes econômicos".O presidente cubano destacou que a luta do seu país contra o bloco econômico "é de anos", lembrando que na próxima sexta-feira será realizado em Havana o II Encontro Hemisférico contra a Alca.Fidel Castro também fez críticas à Organização Mundial do Comércio (OMC), chamando-a de um "monstro" e denunciando que os procedimentos dela "são sujos, seus passos secretos e sua conduta clandestina". "A OMC se converte em uma força que rege todos os países. A China, por exemplo, precisou atender a condições muito duras para poder fazer parte dela", afirmou.Castro disse que o mundo está vivendo momentos excessivamente "difíceis e perigosos" e que a América Latina enfrenta uma "profunda crise econômica por causa da globalização".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.