carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Fiesp apoia cobrança de IOF no capital externo

Federação das Indústrias afirma que medida ajuda a amenizar problemas na exportação

AE, Agencia Estado

19 de outubro de 2009 | 21h08

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) aprovou o anúncio de taxação de 2% de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) nos investimentos estrangeiros em renda fixa ou variável, feito nesta segunda-feira, 19, pelo governo federal.

 

Veja também:

link Mantega anuncia tributo sobre entrada de capital externo

 

"A medida é positiva porque ajuda a reduzir a valorização do câmbio, que vem colocando em risco a capacidade da indústria de competir no mercado externo, dificultando as exportações, e no mercado interno, com o aumento das importações", informou a entidade, em nota.

Continuando, a instituição pontuou que "a medida é importante primeiro porque mostra que o governo agiu, contrariando a visão de que cabe apenas ao mercado estabelecer a taxa de câmbio. Além disso, a iniciativa reduz o rendimento do capital de curto prazo, desestimulando a especulação e incentivando a produção e geração de emprego no Brasil", disse, na nota, Paulo Skaf, presidente da Fiesp.

Tudo o que sabemos sobre:
capital externotaxaçãoFiesp

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.