Fiesp: indústria paulista fechou 3,5 mil vagas em maio

O nível de emprego industrial paulista caiu 0,17% em maio ante abril, na série com ajuste sazonal, o que representou o fechamento de 3.500 postos de trabalho no período, segundo dados divulgados hoje a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Na série com ajuste sazonal, o nível de emprego na indústria paulista recuou 0,69%.

RICARDO LEOPOLDO, Agencia Estado

17 de junho de 2009 | 11h58

De acordo com a Fiesp, foram fechadas 176 mil vagas de emprego em maio deste ano em relação ao total apurado em igual mês do ano passado, o que representa uma queda de 7,35%. No acumulado de 2009 até o mês passado, a pesquisa indicou corte de 46 mil vagas de trabalho, o que equivale a uma queda de 2,03% ante igual período de 2008.

Entre os setores, metalurgia foi o que puxou as reduções no número de vagas na indústria em maio, com 1.333 postos fechados no período, seguido de perto pelo grupo chamado produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos (bens de capital), que fechou 1.329 vagas.

Sensor

O índice que mede a confiança dos empresários das indústrias paulistas, apurado pelo Fiesp, registrou a marca de 50,8 pontos na primeira quinzena de junho, apontou a pesquisa Sensor. Esse resultado mostra uma trajetória de queda na confiança do empresariado, já que é inferior aos dados registrados nas duas quinzenas de maio. Na primeira metade do mês passado, o índice atingiu 53,2 pontos e, na segunda, baixou para 51,4 pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
indústriaempregoFiesp

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.