Fiesp reduz projeção de saldo comercial para US$ 17,6 bi

A nova previsão indica que o Brasil deve registrar um déficit de transações correntes ao redor de US$ 23 bi

Ricardo Leopoldo, da Agência Estado,

15 de maio de 2008 | 18h25

A Fiesp anunciou nesta quinta-feira, 15, uma alteração do seu cenário base que determina uma nova projeção para a balança comercial de 2008. De acordo com a instituição, as exportações devem atingir US$ 179,9 bilhões ante US$ 162,3 bilhões de importações, saldo de US$ 17,6 bilhões, inferior à estimativa anterior, de US$ 20,5 bi. A nova previsão indica que o Brasil deve registrar um déficit de transações correntes ao redor de US$ 23 bi. A projeção do cenário base da Fiesp, que indica o superávit comercial de US$ 17,6 bi foi construída com base em algumas hipóteses: Preço médio do barril do petróleo de US$ 100, alta da produção industrial em 5% e valorização cambial em 5%. A entidade construiu quatro cenários para as contas externas do País e indicou que o saldo das exportações sob as importações indicou que a menor previsão de saldo comercial é de superávit de US$ 9,5 bi o que geraria um déficit de contas-correntes próximo a US$ 30 bilhões. Esse cenário foi definido com a hipótese de que a cotação média do barril do petróleo ficará em US$ 110 neste ano, a produção industrial registrará um avanço de 5% e ocorrerá uma apreciação do real frente ao dólar de 10%.

Tudo o que sabemos sobre:
Comércio ExteriorFiesp

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.