Fiesp: uso da capacidade da indústria atinge 81,9%

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) atingiu 81,9% em setembro, depois de ter ficado em 82,5% em agosto, na série com ajuste sazonal. A informação foi divulgada hoje pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Sem o ajuste sazonal, o índice ficou em 83,5% em setembro, ante os 84,0% registrados em agosto.

RICARDO LEOPOLDO, Agencia Estado

28 de outubro de 2010 | 11h47

De acordo com a Fiesp, o Indicador do Nível de Atividade (INA) da indústria paulista exibiu queda de 0,1% em setembro ante agosto, na série com ajuste sazonal. O INA sem ajuste registrou um recuo de 0,4% em setembro na comparação com o mês anterior.

A atividade do setor manufatureiro de São Paulo avançou 7,3% em setembro deste ano ante o mesmo mês do ano passado. No acumulado de janeiro a setembro de 2010, o INA aumentou 12% em relação ao mesmo período do ano passado. Nos 12 meses encerrados em setembro, o INA apontou alta de 9,9%.

Sensor

O Sensor, índice da Fiesp que avalia a confiança dos industriais paulistas, variou de 53,7 pontos em setembro para 52,6 pontos em outubro. Dos cinco itens que formam o Sensor, dois subiram. O índice que apura a perspectiva de crescimento dos investimentos variou de 61,0 pontos em setembro para 59,7 pontos em outubro, enquanto o indicador que avalia o mercado variou de 55,9 pontos em setembro para 52,1 pontos em outubro. As vendas apresentaram um pequeno avanço, de 50,9 pontos em setembro para 51,8 pontos em outubro. O item ligado aos estoques variou de 46,6 pontos em setembro para 45,1 pontos em outubro. Já o item de emprego passou de 53,9 pontos em setembro para 54,4 pontos em setembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.