Figueiredo: CPMF acabará com mercado

O diretor de Política Monetária do Banco Central, Luiz Fernando Figueiredo, disse que está absolutamente convencido de que a CPMF vai acabar com o mercado de capitais nacional. A mesma afirmação já havia sido feita pelo presidente do Banco Central, Armínio Fraga. No entanto, Figueiredo diz que a CPMF é hoje um importante instrumento arrecadatório e contribui, portanto, para o superávit fiscal do País. Em outras palavras, o governo não pode abrir mão da CPMF.Figueiredo também disse que, a partir de agora, será divulgado através de e-mail um aviso com as cinco projeções feitas pelas instituições financeiras sobre as variáveis da economia brasileira (IPCA, PIB, balança comercial etc.) que mais se aproximarem dos índices. Ele esclarece que o BC não divulgará o nome das instituições, apenas os números. Dessa forma, as instituições ficam muito mais livres para passar as informações em que realmente acreditam.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.