Filipinas e Indonésia elevam juro para conter inflação

Os bancos centrais das Filipinas e da Indonésia elevaram suas respectivas taxas de juro para conter a pressão sobre os preços. A taxa de juro nas Filipinas foi elevada pela primeira vez em dois anos e meio, ou desde outubro de 2005, em 0,25 ponto porcentual. A taxa por um dia (overnight) subiu para 5,25% ao ano aos tomadores de empréstimos e para 7,25% ao ano aos cedentes de crédito.A taxa de inflação nas Filipinas atingiu a máxima em nove anos em maio, chegando aos 9,6%. O núcleo da inflação filipina registrou sua maior alta desde abril de 2006.Já o banco central da Indonésia elevou a taxa de referência para um mês em 0,25 ponto porcentual para 8,50% ao ano e indicou que as autoridades tomarão outras medidas para frear a inflação. O BC anunciou também que passará a utilizar a taxa overnight como referência a partir de segunda-feira (dia 9), em substituição à taxa de um mês. Os economistas consideram que esta mudança permitirá ajuste melhor da meta de inflação. A elevação de 0,25 ponto porcentual na Indonésia foi menor do que a alta de 0,50 ponto porcentual esperada pelos economistas. É a segunda vez que o BC indonésio eleva o juro nos últimos 30 meses; na anterior, elevou a taxa de referência em 0,25 ponto porcentual. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.