carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Financeira está mais exigente

Até 2008, o centro das grandes cidades era repleto de jovens que ofereciam empréstimo a todos que passavam, indistintamente. Sinal mais explícito do excesso de dinheiro disponível nas financeiras até a crise, os tais agentes de crédito praticamente sumiram das ruas. Bancos afirmam que mesmo com a recuperação da economia, esse tipo de operação não deve voltar com a mesma força. Para as financeiras, esse empréstimo considerado arriscado deixou de ser prioridade. Com a crise, as instituições ficaram mais conservadoras para aprovar empréstimos pelo temor de calote. Foram adotados novos padrões de avaliação de risco e as exigências foram aumentadas. E os prazos ficaram mais curtos.

, O Estadao de S.Paulo

18 de agosto de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.