Paulo Vitor/Estadão
Paulo Vitor/Estadão

Financiamento do BNDES para empresas recua 1,1% em abril

Câmbio influenciou resultado, mas BC admite que as concessões do BNDES têm diminuído de forma significativa neste ano

Célia Froufe e Victor Martins, O Estado de S. Paulo

27 Maio 2015 | 13h54

BRASÍLIA - Os financiamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para empresas recuaram 1,1% de março para abril, somando um total de R$ 605,445 bilhões, conforme dados do Banco Central apresentados nesta quarta-feira, 27. No primeiro quadrimestre, a expansão está em 1,7% e, em 12 meses, de 14,1%.

Segundo o chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Tulio Maciel, se não fosse o câmbio, o saldo das operações teria recuado 0,1% ao invés de cair 1,1%. "Não é só o câmbio que tem influência. De fato as concessões do BNDES têm diminuído de forma significativa neste ano. No quadrimestre, essas concessões recuaram 34,6%. O saldo também tem menor crescimento no período", disse.

Em abril, houve recuo de 4,5% nas linhas de capital de giro (para R$17,692 bilhões), de 1,0% no financiamento ao investimento (para R$ 576,138 bilhões) e de 1,5% nas modalidades para o setor rural (R$ 11,615 bilhões) por parte do banco de desenvolvimento.

Para pessoas físicas, o crédito do BNDES avançou 0,2% em abril, para R$ 45,152 bilhões. As altas no ano até o mês passado e em 12 meses foram de, respectivamente, 4,6% e 14,1%. 

Mais conteúdo sobre:
economiaBNDESfinanciamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.