Finasa recomenda compra de CRT

A Finasa Corretora está recomendando a compra das ações da Companhia Riograndense de Telecomunicações (CRT). O analista Alex Carpenter afirma que os papéis da empresa oferecem um potencial de valorização de 40% para os próximos doze meses, com um preço alvo de R$ 1.109,00 para as PNA -preferenciais, sem direito a voto. Além disso, o analista comenta que caso a CRT seja incorporada pela Brasil Telecom, nas mesmas condições em que foram as outras operadoras estaduais, a cotação do papel poderá chegar R$ 1.040,00. O analista acredita a Brasil Telecom deve mostrar um gerenciamento mais voltado para o marketing da CRT. Segundo ele, isso deve fazer com que a receita da companhia cresça acima da média do setor em 2001. Ele explica que a Telefónica perdeu o interesse pela CRT quando percebeu que não poderia manter participação majoritária em duas companhias de telefonia fixa no País. Outro aspecto citado por Carpenter, diz respeito ao potencial de crescimento nas receitas com o segmento de transmissão de dador, sendo que a companhia está usando somente 6% da capacidade de sua rede de fibra ótica instalada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.