Fipe: álcool e gasolina têm aceleração de preços em SP

Os preços dos combustíveis apresentaram aceleração na segunda prévia do mês nos postos da capital paulista, conforme levantamento realizado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), por meio do Índice de Preços ao Consumidor (IPC). No período, que compreendeu os últimos 30 dias encerrados em 15 de setembro, o valor médio do álcool avançou 2,63% ante elevação de 1,98% observada na primeira leitura do mês. A gasolina, por sua vez, mostrou variação de 0,37% contra alta anterior de 0,34%.

FLAVIO LEONEL, Agencia Estado

17 de setembro de 2009 | 14h54

O coordenador do IPC, Antonio Evaldo Comune, avaliou que o preço do álcool pode estar sofrendo influência semelhante ao do açúcar, que apresentou elevação de 7,73% ante aumento de 5,10% da primeira quadrissemana de setembro. O custo médio do açúcar no País vem refletindo o aumento das exportações brasileiras do produto, em função do período de quebra de safra na Índia. "O açúcar também pode estar puxando o preço do álcool. E, como na gasolina, há uma mistura de álcool, também há uma influência em seu preço", comentou Comune.

Tudo o que sabemos sobre:
inflaçãoFipecombustíveis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.